Colar novelinho de tucum

R$30,00

Categoria:

TAMANHO: 90 CM (CUMPRIMENTO)

PESO: 12g

ACABAMENTO: Para fazer o colar de novelinho, pega-se uma rama de tucum tingida com a cor desejada e tece fio a fio na coxa até ficar bem enrolada e resistente. Quanto mais fino for o fio tecido eé melhor. Cada bolinha de novelinho leva mais ou menos de 1m á 1,5m de cumprimento. Após isso com fios de tucum começa a enrolar uma por cima da outra. Feito isso tem logo a colocar o fio do novelo de tucum para segura as bolinhas ou primeiro faz as bolinhas de novelinha e depois coloca-se o fio.

QUEM FAZ: Mulheres Baniwa, Tukano, Baré, Tariana, Wanana, Dessana, Piratapuya.

HISTÓRIA DO PRODUTO: Não se sabe a historia especifica desse colar, mas estes aparecem desdes os tempos primordios sendo que todos eram feitos de pedras preciosas e ouro. “quando os pamirí mahsã começaram a sair por terra através do Buraco da Transformação, Imikohó yekí depois de abençoa-la começou a entregar-lhes os brincos e os colares de dança,

conforme havia avisado para o lider de transformação”. Na mitlogia dos dessana o primeiro a sair da canoa da transformação foi wauró (chefe dos tukano), que recebeu das mãos do avô do universo uma bola de penugem de multiplicar gente, a lança chocalho, o escudo, os enfeites de dança, o colar de ouro amarelo e o colar de miçangas chatas. O segundo a sair foi kissibi, futuru Diri que também recebeu  enfeites e colares  do Avô do Universo quatro colares Dahriri, dois pares de brincos amarelos e vermelhos, assim como um par de flautas êhõno enfeitdas com miçangas  e um conjunto de acangataras.

 

Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.